3.9.07

(In)Sanidade por um fio

Nos meus parcos 32 (já!) anos de vida na superfície terrestre, eu venho percebendo nestes últimos meses a quantidade de pessoas que possuem algum tipo de distúrbio psicológico, desde a mais branda neurose até aquela psicose de rachar o côco.

Eu mesma admito que tenho uma certa tendência a ser estressada (leia-se grossa), sou meio "de lua" (posso estar ótima numa hora, e de repente, ficar meio azeda por causa de uma bobagem) e que tenho pavio curto pra certas coisas, como gente burra e fila que não anda (nada mais irritante). Abomino aquele povo que resolve reclamar de tudo nas filas, e tenta puxar papo logo com você (ODEIO isso!), mas comigo o nêgo se ferra, porque é solenemente ignorado.

É incrível o nº de pessoas que falam sozinhas (o que, dizem, é sinal de que você é saudável), seja na rua, no shopping, até no elevador. Tá certo que às vezes parece que o sujeito tá falando sozinho, mas tá é usando um daqueles fonezinhos de ouvido "bluetooth", que como não tem fio, dá a falsa impressão de se estar falando sozinho.

Tem doido pra tudo: pra te ultrapassar de qualquer jeito no trânsito (mesmo que seja só por uma polegada), pra furar fila na cara dura, pra te roubar o troco descaradamente no supermercado, ou simplesmente pra te encher o saco de uma maneira ou de outra.

Tem os doidos do trabalho, conhecidos como "colegas". Na minha profissão, então, tem um monte (deveria haver um teste de sanidade mental pro sujeito exercer certas profissões)!!!Já conheci(e conheço) várias enfermeiras que deveriam ir direto pra Saúde Mental ou Psiquiatria, e lá permanecer para todo sempre.

Tem também os doidos da classe familiar, vulgarmente conhecidos como "família". Neste campo, posso citar minha mãe, que está cada vez mais "bipolar", passando da maior alegria a uma tristeza profunda e raiva descontrolada, sem o menor motivo aparente. Além de estar cada vez mais obsessiva com limpeza, tá ficando cada vez mais paranóica, achando que todo mundo só quer roubar o dinheiro dela. Tsc,tsc,tsc.

Tenho também uma amiga que sofre de Síndrome do Pânico, que só reparou que a coisa estava feia mesmo quando chegou ao ponto de parar no Souza Aguiar às 3 da manhã achando que estava infartando, mas estava é tendo uma crise. É dose!
Eu mesma já tive uma época totalmente "darkside", depressiva pra caramba, mas ao longo do tempo as coisas foram clareando, e fazer análise também ajudou, e muito.

Li em algum lugar (acho que foi numa revista) que o nº de pessoas que estão desenvolvendo distúrbios psicológicos é cada vez maior. O que dizer dos distúrbios alimentares então, como bulimia e anorexia (que também são distúrbios psicológicos, só que relacionados à auto-imagem)? Nunca se pode comer tanto, e nunca a gente se obrigou a comer tão pouco! Devido à ditadura da beleza e da magreza, pode esquecer aquela torta de morango com chocolate escorrendo por todas as beiradas e o chopinho do happy-hour, o negócio é se torturar com verduras (qto mais verde e sem gosto, melhor) e suco natural, de preferência sem açúcar, e ficar magro igual um palito. Eu nunca tive saco pra dietas, e ADORO comer (acho que é um dos poucos prazeres da vida), e sou chocólatra inveterada, de modo que pra mim é impossível pensar em dieta. Sinceramente, pra mim quem gosta de osso é cachorro...

Bom, loucuras à parte, o negócio é aproveitar o que a vida tem de melhor, e viver o melhor que puder, apesar de tudo.



O Ministério da Saúde adverte:
"Não deixe de fazer o que gosta só porque a maioria não acha legal ou não concorda. Por isso é que eu quero mais é cair de boca numa torta de chocolate, curtir o meu filho e o meu marido e viajar tanto quanto eu puder. E os doidos que se danem!"

3 comentários:

Cara Normal disse...

Ah, bem que dizem que o mundo é uma grande loucura, né?

DADO disse...

Fala amore!
Como vc tá?
Nós não somos ninguém sem nossas neuroses do dia-a-dia!

BJS

kakazinha disse...

ode aos doidos??

deixa de doideira, nurse!! deixa os doidos serem felizes do jeito que quiserem... hehe!

como diz o poeta, de médico e louco todo mundo tem um pouco.

até vc listou as suas doideiras, não foi?

como vai o baby??
poxa, manda umas fotos pra mim por mail!
bjs!