15.6.12

Estratégia - Quando é hora de mudar

Normalmente ao nos relacionarmos com as pessoas, costumamos utilizamos algum tipo de política pessoal para que os relacionamentos interpessoais sejam bem-sucedidos, seja a política de boa vizinhança, do " dar o que merece", ou ainda " tratar como se é tratado".
Porém muitas vezes nos vemos em situações nas quais precisamos rever esta mesma estratégia de convivência, geralmente em função de um bem maior, seja para você mesmo, seja para alguém que você ama.
Dito isso, não é espanto algum quando você se vê em algum momento da sua vida numa encruzilhada, na qual é visível a necessidade de uma mudança de rumo no caminho que vem sido trilhado até então.
Neste momento surgem diversas dúvidas, como se vale a pena, e como fazer.
A minha parca sabedoria ao longo desses meus 37 anos me mostraram que: se for para melhorar, FAÇA!
Mesmo que doa, que pareça estranho, ou que você se sinta um tanto quanto desconfortável no início, acredite: ao longo do tempo você sentirá a mudança positiva e se sentirá grato por ter tido a coragem de fazê-lo.
Não tenha medo de mudar!
Tenha sim, medo de não pensar nunca em fazê-lo, ou de não ter a coragem para tal!
Não tenha vergonha, mesmo sendo alvo de críticas ou opiniões negativas. Se você determinar qual é o melhor caminho, vá lá e faça!
Sua vida agradece.

Um comentário:

Tânia Guimarães disse...

Minhas maiores dores resultaram nas melhores mudanças. :)